Mateus Carvalho²

Eu digo para todo mundo que gosta de fazer trilhas: você precisa fazer o trekking no Nepal! E não faltam motivos para isso, você pode conhecer novas culturas nos pequenos vilarejos, conhecer novas paisagens, avistar a cordilheira do Himalaia e até mesmo o Everest, mas esse último é para quem é esportista de verdade. Dá uma olhadinha nesse vídeo aqui.

trekking no nepal

No início do trekking no circuito Annapurna

Se você for como nós, esportistas por diversão, basta fazer o circuito Annapurna de 4 dias. Você vai andar uns 50 km, entre subidas e descidas, ter vistas incríveis e terminar o trecho com dores nas pernas.

Mas antes de partir em direção a Pokhara, cidade-base para o trekking, é bom se preparar e ter algumas informações no caderninho. Listamos aqui 11 dicas para você se dar bem no trekking no Nepal:

1 – Leve um casaco! Se for no mês de outubro, não precisa de um casaco gigante. O frio só pega a noite e as guesthouses fornecem cobertor

2 – Se tiver tênis específico para trekking, leve. Se não tiver, um tênis de corrida ou algo do tipo é o suficiente;

3 – Leve apenas o suficiente na sua mochila! No máximo 3 trocas de roupas leves;

4 – Não encha a mochila de água e comida. O ideal é sempre ter 1,5 litro de água e alguns quitutes para o início. Você pode ir enchendo a garrafa durante a caminhada;

trekking no nepal

Estava com um casaco que mais parecia um saco de lixo. Em outubro, não é tão frio assim…

5 – Não é necessário contratar um guia, muito menos um porter (carregador de mochila). O caminho é fácil e bem sinalizado;

6 – O primeiro trecho é Nayapul – Ulleri. É uma caminhada tranquila. Nós andamos 11,4 km em 5h16min. Neste primeiro dia alcançamos 2.068 m de altitude;

7 – O segundo trecho é Ulleri – Ghorepani, que é muito mais tranquilo. Dá para sair do hotel de Ulleri mais tarde. Aqui andamos 7,6 km em 3h29min, alcançando 2.815 m de altitude;

trekking no Nepal

Chegando em Ghorepani

8 – É no terceiro dia que é alcançado o pico do circuito Annapurna, em Poon Hill. Acorde cedo, muito cedo, às 4h30 e saia em direção ao topo.

9 – Ainda no terceiro dia começa a descida de Ghorepani para Ghandruk e esse é o trecho mais pesado. Uma dica aqui é fazer o treeking em 5 dias, dormir em Tapadani e, no outro dia, seguir para Ghandruk. Nesse terceiro dia, andamos 18,2 km em 6h44min;

10 – Em Ghorepani não precisa ficar nas guesthouses viradas para a montanha. Além de ser um pouco mais longe, você não vai ficar muito tempo na manhã admirando-a;

11 – Em Ghandruk a vista de manhã é incrível!

Nós gostamos de todas as guesthouses em que nos hospedamos. Lá é legal porque você não paga para dormir, paga apenas pelas refeições e tá tranquilo. Mas, onde ficamos?

Ulleri: Meera Guesthouse

Ghorepani: See You Lodge

Ghandruk 4: Simon Guesthouse

trekking no nepal

Vista ao amanhecer no vilarejo de Ghandruk

Deixe uma resposta